sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Resenha #09 [manual prático de bons modos em livrarias]

Título: [manual prático de bons modos em livrarias] 
Autor: Lilian Dorea 
Editora: Seoman 
Paginas: 232 
Ano: 2013 
Classificação: 4 estrelas

SINOPSE: Em 2011 a livreira Lilian Dorea criou o blog [manual prático de bons modos em livrarias], para revelar histórias saborosas e hilárias de seus atendimentos em livrarias. O sucesso foi imediato e ela passou a receber relatos de outros livreiros. Agora, transformado em livro, ela reúne os melhores “causos” do blog, histórias inéditas, curiosidades, dicas de livros, blogs, sites e, claro, livrarias e sebos. Se você quiser evitar ser o novo protagonista de um post do [manual prático de bons modos em livrarias] é melhor ler este livro com toda atenção e aprender a “etiqueta” das livrarias.

Qualquer ambiente de trabalho que tenha que lidar com o publico é preciso ter muito jogo de cintura, mas confesso que sempre considerei o livreiro trabalhando em uma especie de paraíso. literário. Sempre imaginei que deve ser algo maravilhoso com aquele cheirinho de livros no ar,aquela paz e tranquilidade de uma biblioteca. Mas vejo que nem tudo é um mar de rosas,nem mesmo para eles. Cheguei a me perguntar se tais relatos eram mesmo verdadeiros, mas então me lembrei que como moderadora de um grupo de leitores no facebook, percebi que bom senso falta a muita gente e que sim as vezes nos deparamos com as situações mais sem noção. 



A autora conta com muito bom humor os causos em que é preciso muita paciência e nos mostra o outro lado da moeda em uma livraria. Me peguei gargalhando muitas vezes e tive que ler em voz alta alguns trechos para membros da família. Acho que eles ainda não se acostumaram com as minhas reações durante uma leitura. 

Fregues: Moça eu gostaria de alguma indicação de livro pra ler. 
Livreira: Hum, certo. O que você gosta de ler? 
Fregues: Hum... Não sei te dizer. 
Livreira: Qual foi o ultimo livro que você leu? 
Fregues: Não lembro. 
Livreira: Você já leu algum livro na vida? 
Fregues: Já. 
Livreira: Qual? 
Fregues: Não sei. 
Grilos: Cri Cri Cri 

Fiquei aliviada em não me ver representada ali, minto, tirando as vezes que me esqueço tanto o nome do livro quanto do autor. Não é possível que eu me lembre de todos os livros que eu desejo, mas sempre tinha outras informações relevantes para ajudar o vendedor. Depois desse livro vou ser mais solidária, comprei até um caderninho para deixar na bolsa com anotações dos livros que me interessam. Há uma parte onde ela classifica os tipos de fregueses, acho que me encontro entre o Amigo e o Dibowie/Tranquilão. E vocês, em que tipo de fregueses se encaixam? 

O livro é um coisinha fofa, eu tinha visto apenas uma foto na internet e quando o tive em mãos me surpreendi. Ele é do tamanho de um pocket, recheado de ilustrações. Uma edição linda, as paginas são de papel couchê ou similar,uma textura deliciosa de encher os olhos de qualquer leitor, a editora caprichou e estão de parabéns. 

Quando fui atras desse livro ocorreu um fato interessante já que me encontrava na situação de fregues VS livreiro. Eu fui com o intuito de dar de presente, o vendedor estava ocupado arrumando uns livros e ele era o único que eu tinha visto na livraria. Perguntei se ele poderia me ajudar, odeio atrapalhar vendedores, mas eles estão ali para isso né? Falei o nome do livro e ele riu, senti um tom de deboche quando ele disse que aquele livro era mesmo necessário, me pareceu que ele não conhecia o livro. Pensei, será que isso foi comigo? Impressão ou não ele não devia estar um bom dia pois notei a má vontade. Quando me vi com aquele livro tão fofo em mãos me peguei querendo um também e só tinha dois e antes que eu pudesse dizer para o vendedor que tinha o interesse em levar os dois ele colocou o outro livro no bolso do avental dizendo que iria levar um para ele. Fiquei com aquela cara de tacho pois ele saiu andando sem perguntar se eu precisava de mais alguma coisa. Achei melhor deixar pra lá. Na hora de pagar a moça do caixa sorriu e mostrou a colega ao lado que juntas riram (tinha ali uma piada interna claro).

 
Bem... a pessoa que ganhou o livro gostou muito, não perdi meu tempo e me dei de presente um exemplar. Adorei as dicas de sites, blogs, sebos, livrarias e claro LIVROS.Recomendo muito e considero também ser um ótimo título para presentear os amigos leitores e porque não os não leitores também. 

PS: Não se esqueçam de que livro esgotado e livro indisponível são duas coisas bem diferentes.Fica a dica.