quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Resenha #02 O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel, Livro I


Trilogia O Senhor Dos Anéis.
A Sociedade do Anel
As Duas Torres
O Retorno do Rei
Autor: J.R.R.Tolkien
Editora: Martins Fontes
Páginas: 434
Estrelas: 5

SINOPSE: Numa cidadezinha indolente do Condado, um jovem hobbit é encarregado de uma imensa tarefa. Deve empreender uma perigosa viagem através da Terra-média até as Fendas da Perdição, e lá destruir o Anel do Poder - a única coisa que impede o domínio maléfico do Senhor do Escuro.


Hoje vou falar a respeito do livro A Sociedade do Anel e estou escrevendo após mais uma releitura, a ultima foi um pouco antes de sair o ultimo filme. Essa foi a minha iniciação no gênero Fantasia e acredito que tenha feito uma grande diferença ter começado por Tolkien. A primeira vez que li foi um pouco após o filme ter estreado, naquela época eu era bem desinformada sobre lançamento de filmes e não tinha muito contato com outros leitores, então só soube dessa historia quando ficou escancarada nos cinemas. Corri então, comprei o livro e decidir ler antes de assistir o filme.



Três Anéis para os Reis-Elfos sob este céu,

Sete para os Senhores-Anões em seus rochosos corredores,

Nove para Homens Mortais, fadados ao eterno sono,

Um para o Senhor do Escuro em seu escuro trono

 Na Terra de Mordor onde as Sombras se deitam.

Um Anel para a todos governar,

Um Anel para encontrá-los,

Um Anel para a todos trazer e na escuridão aprisioná-los

Na Terra de Mordor onde as sombras se deitam.


Mergulhei na escrita de Tokien embevecida com suas palavras, eu praticamente grudei no livro e só largava quando o sono não me permitia mais ler. Eu me perguntava como pude até aquele momento não saber que Tolkien existia. A experiência da minha primeira leitura desse livro foi imensamente satisfatória, pois não teve um só detalhe do qual eu não tenha gostado. Uma coisa que até então nunca tinha acontecido antes foi que ao dormir eu sonhava com a história no momento em que tinha pausado a leitura e o sonho prosseguia com meu subconsciente criando os capítulos seguintes. A verdade é que eu não descansava, era como se eu não tivesse interrompido a leitura e então acordava me dando conta de que tudo aquilo não passou de um sonho. Sim, era muito estranho quando acontecia e muito real. Acho que dá para vocês terem uma ideia de como a leitura desse livro foi marcante.

A Sociedade do Anel trata-se do inicio da grande viajem. Onde o portador do anel – Frodo - se reúne aos demais membros devidamente escolhidos e representando diferentes raças para acompanhá-lo na difícil missão imposta a ele. Alguns amigos e conhecidos, outros estranhos; temos um mago que adora uma erva de fumo Gandalf, dois nobres homens Aragorn e Boromir, um forte anão Gmili , o belo e ágil elfo Legolas e quatro hobbits contando com Frodo, seu fiel jardineiro Sam e dois amigos e parentes corajosos Merry e Pippin.


Esse é um livro introdutório, dividido em livro I e II, o autor é bem descritivo e quer nos apresentar todos os detalhes do mundo que criou. Inicialmente você pode se sentir um pouco perdido em meio a tantas descrições geográficas, mas com o andamento da leitura irá se acostumar, alguns podem achar a leitura lenta e maçante, isso se da em minha opinião apenas no livro I e a partir do livro II ele tem um novo ritmo, no qual é impossível parar de ler. Dê uma chance,Tolkien sabia o que estava fazendo e ao final da trilogia tudo terá valido a pena. Recheado de canções, algumas contando eventos passados, idiomas de pronuncia belíssima criada por Tolkien, personagens carismáticos e corajosos quando menos se espera isso deles que ao final da leitura será difícil escolher o seu favorito.


Se você é um amante da fantasia, esse livro é mais que uma leitura obrigatória. Abra suas paginas, aventure-se pela Terra Média e venha ser o décimo membro da sociedade em sua jornada rumo ao destino dos povos livres.