sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Resenha #168 O Ar que Ele Respira (Elementos #1)

Título: O Ar que Ele Respira
Autor: Brittainy C Cherry
Série: Elementos #1
Editora: Record
Páginas: 308
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: O novo romance da autora de Sr. Daniels.
Como superar a dor de uma perda irreparável? Elizabeth está tentando seguir em frente. Depois da morte do marido e de ter passado um ano na casa da mãe, ela decide voltar a seu antigo lar e enfrentar as lembranças de seu casamento feliz com Steven. Porém, ao retornar à pequena Meadows Creek, ela se depara com um novo vizinho, Tristan Cole. Grosseiro, solitário, o olhar sempre agressivo e triste, ele parece fugir do passado. Mas Elizabeth logo descobre que, por trás do ser intratável, há um homem devastado pela morte das pessoas que mais amava. Elizabeth tenta se aproximar dele, mas Tristan tenta de todas as formas impedir que ela entre em sua vida. Em seu coração despedaçado parece não haver espaço para um novo começo. Ou talvez sim.


Olá galera, resenha nova na área!
Sentiram minha falta? Eu senti de vocês rsrs!

Bom, hoje a resenha é do mais recente lançamento da Brittainy C. Cherry, autora do sucesso Sr. Daniels. Mas antes de falar sobre o livro, preciso comentar essa capa...



Voltando ao que interessa rs.

O Ar que Ele Respira conta a história de Elizabeth e Tristan, ambos eram felizes e viviam uma vida praticamente perfeita, mas uma tragédia se abate em suas famílias desfazendo sonhos e destruindo suas vidas.

Elizabeth já está vivendo há um ano com sua mãe após a perda de seu marido, mas decide que é o momento de voltar para casa, enfrentar o luto e seguir em frente. Ao chegar em casa ela se depara com um novo vizinho, um homem calado e de aparência um tanto ameaçadora, mas Elizabeth enxerga nele o mesmo que ela sente: dor.



“Ele me fazia rir num mundo que estava decidido a me fazer chorar.”

Tristan Cole é um homem devastado pelo sofrimento de perder sua família, tudo o que ele mais quer é viver isolado de todos, mas ele não imaginava que sua vizinha Elizabeth iria entrar em sua vida e muda-la completamente.

“Ela era a única coisa que mantinha a minha sanidade.”

Esse é um livro sobre amor, luto, perda e principalmente sobre como superar a dor e dar mais uma chance ao amor. Tristan e Elizabeth se encontram em suas dores, em seu desejo mútuo de reviver o passado e aquela felicidade antiga, mas a vida segue e tentar voltar ao passado é impossível. E quando eles compreendem essa realidade é preciso decidir ir em frente ou não.

“Sabe aquele lugar entre os sonhos e os pesadelos? Aquele lugar onde o amanhã não chega e o passado não dói mais? O lugar onde seu coração bate em sintonia com o meu? Aquele lugar onde o tempo não existe e é mais fácil respirar? Quero viver nesse lugar com você.”

Eu gostei bastante desse livro, foi o primeiro que li da Brittainy porque ao contrário da maioria das pessoas, eu não gostei da premissa de Sr. Daniels, mas acabei lendo O Ar... num BR com as Gels e realmente gostei, mas nem tudo foi perfeito.

A Brittainy parece ser das autoras que gostam de interligar tudo e deixar todas as pontas de sua história bem amarradas, isso é bom, mas nem tudo precisa estar interligado. Na metade do livro eu suspeitei de um fato que se confirmou e acabou virando um drama desnecessário entre o casal. Mas esse não é o único problema, um dos pontos negativos de se interligar fatos é que em alguns casos fica forçado e o leitor deixa de acreditar nas 15 mil coincidências.



Mas no geral é um bom livro, o final é lindo e é impossível não torcer para que tudo se resolva. Não é um livro água com açúcar em que tudo é perfeito e se resolve da noite para o dia. As dores das personagens são reais e muitas vezes me peguei desejando que a tragédia em suas vidas não tivesse acontecido, mas o melhor foi ver que apesar de tudo o amor merece ganhar mais uma chance.

O Ar que Ele Respira é um livro sobre amor, perda e novas chances. Leiam e se apaixonem por Elizabeth e Tristan como eu me apaixonei por sua história de amor.

“Meu querido, a magia é amar.”


Não deixe de comentar a sua opinião sobre a resenha e o livro. 
Até breve o/