domingo, 23 de fevereiro de 2014

Resenha #08 Garota Exemplar


Título: Garota Exemplar
Autor: Gillian Flynn
Editora: Intrínseca
Classificação: 5 Estrelas 



Sinopse: Na manhã de seu quinto aniversário de casamento, Amy, a linda e inteligente esposa de Nick Dunne, desaparece de sua casa às margens do Rio Mississippi. Aparentemente trata-se de um crime violento, e passagens do diário de Amy revelam uma garota perfeccionista que seria capaz de levar qualquer um ao limite. Pressionado pela polícia e pela opinião pública – e também pelos ferozmente amorosos pais de Amy –, Nick desfia uma série interminável de mentiras, meias verdades e comportamentos inapropriados. Sim, ele parece estranhamente evasivo, e sem dúvida amargo, mas seria um assassino? Com sua irmã gêmea Margo a seu lado, Nick afirma inocência. O problema é: se não foi Nick, onde está Amy? E por que todas as pistas apontam para ele?
 


No inicio de 2013 eu ganhei Garota Exemplar junto com um outro livro de uma amiga da família. Confesso que não esperava o presente e foi uma surpresa maravilhosa porque já tinha ouvido falar dele com comentários bastante positivos. Apesar de tudo isso, só comecei a lê-lo por causa do Buddy Read do Li e Indico – entre no grupo aqui -. Se soubesse o quão bom seria essa leitura, teria tirado o livro da estante bem antes!


Garota Exemplar é um thriller que gira entorno do desaparecimento de Amy – nossa G.E. – no dia do seu aniversário de 5 anos de casamento com Nick, e claro, como todo bom clichê a suspeita recai sobre o marido! Dividido em três partes, a primeira alternando a visão de Nick e o diário de Amy – não comentarei sobre as outras partes por risco de spoiler! – nós vamos acompanhando as investigações e buscas pela querida Amy.
Eu amei essa personagem e os discursos dela durante o livro! Muita gente não gostou da Amy, achou ela maluca por vários motivos – sim, ela é um pouco – mas o que ela fala é uma grande verdade! Toda a loucura dela não diminui a crueza e o realismo expresso em suas falas.

 "Ser a Garota Legal significa que sou uma mulher gostosa, brilhante, divertida, que adora futebol, pôquer, piadas indecentes e arrotos, que joga vídeo game, bebe cerveja barata, adora ménage à trois e sexo anal e enfia cachorros-quentes e hambúrgueres na boca como se fosse anfitriã da maior orgia gastronômica do mundo ao mesmo tempo em que de alguma forma mantém um manequim 36, porque Garotas Legais são acima de tudo gostosas.(...) Os homens realmente acham que essa garota existe."

Se fosse definir esse livro em uma palavra seria “Manipulador”. Gillian conduz o leitor de tal forma que quando o mistério é revelado é um verdadeiro tapa na cara! Para finalizar duas dicas:
1 – Não leia NENHUM Spoiler – Qualquer informação sobre a história além dessas que citei, podem estragar sua leitura. Então cuidado! A surpresa é imprescindível para apreciação.
2 – Persista na leitura! – A primeira parte é um pouco arrastada, pode desanimar e tal, mas persista porque vale a pena! Quando comecei a segunda parte fiquei meio chocada e só parei de ler quando o livro acabou... Então: Persista!!

Boa Leitura