sexta-feira, 3 de junho de 2016

Resenha #150 O Amor nos Tempos do Ouro

Título: O Amor nos Tempos do Ouro
Autor: Marina Carvalho
Páginas: 328
Editora: Globo Alt
Gênero: Romance histórico
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: "Sabes que nunca me apaixonei, maman, mas se porventura o tivesse feito, seria por alguém como ele?"
Cécile Lavigne perdeu todos os que amava e agora está sozinha no mundo. Ela, uma franco-portuguesa que ainda não completou vinte anos, está sendo trazida ao Brasil pelo único parente que lhe restou, o ambicioso tio Euzébio, para casar-se com o mais poderoso dono de terras de Minas Gerais, homem por quem Cécile sente profundo desprezo. Após desembarcar no Rio de Janeiro, Cécile ainda precisará fazer mais uma difícil viagem. O trajeto até Minas Gerais lhe reserva provações e surpresas que ela jamais imaginaria. O explorador Fernão, contratado por seu futuro marido para guiá-la na jornada, despertará nela sentimentos contraditórios de repulsa e de desejo. Antes de enfim consolidar o temido casamento, Cécile descobrirá todos os encantos e perigos que existem nessa nova terra, assim como os que habitam o coração de todos nós. Com o passar dos dias, crescerá dentro dela a coragem para confrontar todas as imposições da sociedade e também o seu próprio destino.


Olá galera!
Hoje a resenha é de um livro nacional! #comemora

Antes de começar eu gostaria de agradecer a Globo Alt por ter enviado o livro, já falei e vou repetir que vocês já ganharam um espaço especial no coração deste blog e no meu também. Obrigada!

Mas vamos ao que interessa: o livro!

O Amor nos Tempos do Ouro é um romance de época, se passa no século 18 aqui no Brasil. O livro conta a história da francesa Cécile que após a morte trágica dos pais e irmãos é forçada a vir para o Brasil e ficar sob a tutela do tio, irmão de sua mãe, até o dia de seu casamento com um terrível e muito rico fazendeiro de Minas Gerais.



Cécile foi uma jovem criada com conceitos fortes de liberdade e respeito ao próximo, mesmo vivendo no século 18 e com todas as regras que eram impostas as mulheres daquela época, a francesa teve a sorte de ter um pai que a respeitava, porém ao chegar ao Brasil, ela logo percebe que sua sorte poderia piorar e muito. Um tio cruel somado a um noivo mais cruel ainda é o suficiente para acabar com as esperanças de felicidade de qualquer jovem moça, mas felizmente Cécile não é qualquer jovem e nossa mocinha está disposta a mudar sua sorte.

“Antes solteirona do que mal-amada.”

Naquele período, o nosso país não possuía boas condições de viagem, Cécile estava no Rio de Janeiro na casa dos tios, mas precisava ir para Minas Gerais ao encontro do noivo Euclides de Andrade, que contrata o explorador Fernão para realizar o transporte em segurança de sua noiva. Fernão é um homem corajoso e endurecido pela vida difícil, ele aceita levar Cécile até o cruel Euclides como último trabalho, mas é claro que nada é tão simples e quando se depara com a jovem francesa de personalidade forte, suas estruturas não poderiam ficar nada além de abaladas.



E sim, é aí que a verdadeira aventura por terras tupiniquins começa!

“Será que os tais desígnios tortuosos de Deus para mim ainda se endireitarão?”

Eu fiquei louca assim que a Globo Alt começou a postar as informações e citações do livro, precisava ler! Já conhecia a Marina por ter lido um livro dela há alguns anos atrás, então já tinha certeza de que iria gostar, mas o que me ganhou mesmo foi a ideia do livro. Eu sou fascinada por história do Brasil, nós do GeL somos loucas por romances históricos (Julia Quinn reina aqui né rs), então quando vi que esse livro unia duas coisas que eu amo... sabia que precisava ler.

Logo no começo tem uma nota da autora com informações importantes sobre a época e avisando sobre as pequenas mudanças necessárias para adaptar seu romance ao contexto do período. De cara é notável o trabalho de pesquisa muito bem fundamentado. Parabéns Marina, você valorizou belamente a nossa história!

O livro também é recheado de poemas e versos de poetas brasileiros. A cada começo de capítulo eu morria de amores com os versos escolhidos para compor aquele momento da história. Se eu não tivesse me apaixonado pelo romance de Cécile e Fernão, com certeza os poemas teriam me ganhado rsrs, mas é claro que esses dois me ganharam!

A coragem de Cécile de enfrentar de peito aberto a crueldade da escravidão é inspiradora, ela não é uma mocinha indefesa que espera ser resgatada, mas uma jovem forte que luta pelo que acredita que é o certo. Amei Cécile, ela entrou para a minha lista de mocinhas inspiradoras!

“Percebo que nem os grilhões e correntes, grades e açoites são suficientes para calar a voz e a necessidade de liberdade daquela gente. São fortes, dentro de suas possibilidades.”

O Fernão é o típico aventureiro, no começo com uma índole duvidosa, mas felizmente descobrimos seu caráter justo e bom. Em algumas páginas ele logo se torna um verdadeiro herói.

“Cécile, pode até não parecer, mas possuo um coração e ele às vezes toma as rédeas da minha vida.”

O livro tem seus personagens secundários, eu vivo dizendo isso e não canso de repetir, um livro ganha outro nível quando seus personagens secundários são tão interessantes quanto os protagonistas. O pano de fundo formado por eles é muito mais completo quando eles são bem desenvolvidos. Amei conhecer Malikah, Hasan e Akin e todos os outros personagens. Acredito até que Malikah deveria ganhar um livro dela rsrs.

A história segue um ótimo ritmo, não se demora em apenas um momento ou episódio marcante, ao longo das páginas vamos vendo o tempo passar e as personagens se desenvolvendo. Não é cansativo, tem a dose certa de romance e aventura para prender qualquer leitor.



Sobre a edição, como sempre a Globo Alt arrasou! A capa é linda, folhas amarelas, diagramação perfeita e um cheirinho bom de livro (sim, sou viciada em cheiro de livro rs). A edição tem a delicadeza que a história merece e o marca páginas é um mimo absurdamente fofo. Sério, não tenho do que reclamar, só agradecer pelo trabalho impecável.























Se você leu até aqui, já sabe que amei a história e tudo sobre esse livro, então está esperando o que? Vá comprar o seu e ler, depois volte aqui e me conta o que achou.

Até breve!