sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Resenha #72 Never Never

Título: Never Never
Autor: Colleen Hoover, Tarryn Fisher
Editora: Hoover Ink
Páginas: 140
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Melhores amigos desde a infância. Apaixonados desde os 14. Completos estranhos desde esta manhã. Ele fará o que for preciso para lembrar. Ela fará qualquer coisa para esquecer.











"Ela é familiar. A única coisa familiar para mim 
em um mundo inconsistente e confuso."


WOW! HOLY CRAP ON A CRACKER! Que livro maluco foi esse?

O que você faria se, de repente, não conseguisse mais lembrar quem é, onde está, e nada mais fosse reconhecido por você? E, além disso, se descobrisse que seu namorado também está passando por isso? Entraria em choque? Começaria a gritar? Sairia andando sem direção? Qual seria sua reação? Gostaria de saber o que aconteceu e por quê? É exatamente assim que Charlie e Silas se encontram: confusos, sem saber quem são ou lembrar o que aconteceu na noite passada. 

O livro narra sua busca pela verdade e pelas lembranças de sua vida. O livro é narrado por Charlie e por Silas, alternando capítulos entre eles, e termina deixando você com um grito de “NÃO! EU PRECISO DE MAIS!”. A cada página virada eu formava uma teoria nova, determinada a encaixar todas as peças desse quebra-cabeça junto com os dois.


Todos sabem que eu sou viciada nos livros da Colleen e que eu sempre falo que um é melhor que o outro. Mas em Never Never, além da genialidade de Colleen, temos a singularidade de Tarryn, que após Mud Vein, conquistou meu coração. Tarryn é responsável pelo pov de Charlie, e Colleen, pelo de Silas. 

Never Never, que começou como um standalone, é o primeiro livro de uma série. Não, ainda não sabemos quantos livros serão. Não, não sabemos quando sairá o próximo, mas sabemos que já está em andamento. 

Este é um romance contemporâneo, que apresenta elementos do gênero Young Adult, mas também tem elementos de suspense e ficção. O foco da história não é no romance, mas sim na procura por respostas sobre a condição deles. Mas é claro que você irá se apaixonar pelo Silas, porque é impossível ser de outro jeito. 

Eu não posso dizer mais nada sobre o livro. Eu gostaria, mas eu realmente não posso. Este é o tipo de livro que o melhor é entrar de cabeça, completamente cego. Então, tome cuidado com spoilers! Enfim, leiam imediatamente! É um livro sensacional. Mas é claro que isso não me surpreendeu.


“Jamais pare. Jamais esqueça.”