quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Resenha #52 Os Segredos de Colin Bridgerton (Os Bridgertons #4)

Título: Os Segredos de Colin Bridgerton
Série: Os Bridgertons (#4)
Autor: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 336
Classificação: 5/5 estrelas

Sinopse: Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. 
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. 
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. 
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. 
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz. 
Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

“Você é o homem imperfeito do meu coração, 
e isso é até melhor.”

“Eu te amo mais do que tudo. 
Pelos filhos que teremos, pelos anos que passaremos juntos. 
Por cada um dos meus sorrisos e mais ainda pelos teus.”

E FOI ASSIM QUE EU MORRI DE TANTA EMOÇÃO. The End.

Okay, eu vou tentar elaborar um pouco mais.  Vejamos, acredito que esse seja o meu preferido até agora. Colin sempre foi meu favorito, mesmo quando aparecia nos outros livros, mas conhece-lo profundamente foi delicioso. 


Julia Quinn criou algo muito diferente neste livro. Sim, o romance continua presente, mas há por trás algo que nos prende muito mais: MISTÉRIOS E SEGREDOS POR TODOS OS LADOS. 

Colin e Penelope são dois personagens cativantes, não apenas por serem adoráveis, mas pelo senso de humor que os dois apresentam. Penelope, apesar de ser considerada “sem sal e sem açúcar” pela sociedade, revela muito bom humor e senso crítico (coisa pouco esperada de uma mulher naquela época). Colin não é apenas encantador, como acreditamos; há algo muito mais profundo em seu ser, um desejo de fazer algo útil e significante com sua vida. Mas isso são coisas que ele guarda para si.

Penelope, que sempre foi apaixonada por Colin, nunca imaginou que um dia poderia ser vista com outros olhos por ele, mas é exatamente isso o que acontece quando o moço retorna de uma de suas viagens. Colin percebe que Penelope é muito mais do que ele um dia imaginou. Ele percebe que a cada minuto passado em sua companhia, ele começa a nutrir sentimentos profundos por ela, embora não saiba como, quando ou onde eles começaram.

A narrativa é tão viciante quanto as dos primeiros livros, mas os segredos desvendados, e o romance entre os dois fazem com que seja muito mais difícil largar o livro. Sério, eu não tinha paz!

Enfim, eu sou suspeita para falar dessa série. Todos arrancam altas gargalhadas em lugares públicos e arrancam suspiros e sorrisos. Não, eu não derramei lágrimas neste livro. Foi tudo muito diferente para mim, mas eu amei e se tornou meu favorito.

Não, eu não posso falar mais da história, vocês terão que ler para desvendarem tudo sozinhos.