segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Resenha #48 Ugly Love

Título: Ugly Love
Autor: Colleen Hoover
Editora: Atria Books
Estrelas: 5
Compre: EN - http://amzn.to/2nmi9vM / PT - http://amzn.to/2nmlpY1

Sinopse: Quando Tate Collins conhece o piloto Miles Archer, ela sabe que não é amor à primeira vista. Eles nem iriam tão longe para dizer que eram amigos. A única coisa que Tate e Miles têm em comum, é essa inegável atração. Uma vez que seus desejos são descobertos, eles percebem que eles têm um arranjo perfeito. Esse arranjo pode ser surpreendentemente simples, contanto que Tate se atenha às duas únicas regras de Miles.


Nunca pergunte sobre o passado.
Não espere um futuro.


Eles acreditam que podem lidar com isso, mas percebem, quase imediatamente, que isso não será possível.


Corações são infiltrados.
Promessas são quebradas.
Regras são despedaçadas.
O amor se torna feio.

“O amor nem sempre é belo, Tate. Às vezes, você passa todo o seu tempo 
esperando que ele será, eventualmente, algo diferente. Algo melhor. 
Então, antes que você se dê conta, você está de volta ao ponto de partida, 
e você perdeu seu coração em algum lugar pelo caminho.”

Não sei como ela consegue, meus amigos, mas Colleen Hoover conseguiu outra vez. Este livro é completamente diferente de todos que eu já li dela, e acredite, ela realmente sabe inovar. Eu li, em uma resenha, que talvez ela fique o tempo toda trancada em seu esconderijo, planejando como despedaçar seu coração e fazer você ser completamente vulnerável a cada palavrinha escrita em seus livros. Pois bem, acredito nessa teoria, pois ela me fez ficar agarrada ao kindle em várias partes.


Em um certo ponto da história, eu não conseguia conter as lágrimas. Era muito sentimento! As palavras fluíam das páginas e entravam no meu coração, ora dilacerando e destruindo tudo, ora colocando tudo de volta no lugar e me preenchendo com os sentimentos mais lindos deste mundo. Ugly Love conta a história de Tate e Miles. Como eles se conheceram, se envolveram e enfrentaram as complicações que o amor jogou em seu caminho.

Tate Collins tem 23 anos, e se muda para São Francisco para terminar seus estudos, e por isso ela vai viver com Corbin, seu irmão mais velho e super protetor, por um tempo. Ao chegar lá, ela encontra um homem bêbado bem na frente da porta de seu irmão, que tenta entrar de qualquer jeito, e que a deixa muito assustada. É assim que ela conhece Miles Archer, um dos melhores amigos do irmão, piloto da mesma compania aérea, e seu vizinho.

Miles é super gato, mas tem uma atitude horrível. Digamos que eles não começam a relação com o pé direito. A verdade é que ele é muito fechado e frio por fora, devido a tudo que sofreu em seu passado. E é óbvio que, de vez em quando, ele deixa transparecer sua alma atormentada.

O livro é narrado em primeira pessoa, alternando o ponto de vista entre Tate e Miles. Mas Hoover fez algo diferente, enquanto vemos o presente aos olhos de Tate, vemos o passado ser contado por Miles até certo ponto, o que nos leva a entender a história de um jeito único. Ela realmente não deixa nenhuma ponta solta.

Enfim, Tate e Miles descobrem que têm uma atração muito forte um pelo outro, e resolvem ceder ao desejo, e entrar em uma relação sem compromisso algum. Ele estabelece duas regras, que seriam muito simples, se o coração não estragasse toda a lógica da coisa: 1) Nunca perguntar sobre seu passado. 2) Nunca esperar um futuro.

Tate, mesmo sabendo que tudo isso iria acabar mal, entra nessa relação estranha, pois não aguenta mais ficar longe de Miles. E assim eles ficam juntos, cada vez mais se apegando um ao outro, mas fingindo que conseguem lidar com isso sem se apaixonar, pelo medo de Miles, por algo muito obscuro que aconteceu em seu passado.

Até que tudo desmorona e fica cada vez mais difícil lidar com tanto sentimento.

Bom, é aqui que eu paro de contar a história, pois muita coisa acontece e VOCÊS PRECISAM LER. É um livro sensacional, um dos melhores que eu já li mesmo, com aquele jeitinho da Colleen de te fazer sofrer e depois dar um jeito em tudo (não, eu não disse como é o final, então não é spoiler), e te fazer entender tudo perfeitamente.

Uma história de amor, que mostra não só as partes belas, mas como, às vezes, algumas podem se tornar feias. Uma história de dor, fantasmas do passado, superação. Sim, existem cenas explícitas, diferente de tudo que vocês já viram a Colleen escrever, que vão te deixar suspirando e se abanando. E vão ter momentos que vão simplesmente te deixar sem fôlego. Haverá lágrimas, mas também haverá sorrisos.
E também há uma música perfeita do Griffin Peterson, feita especialmente para esse livro, que você ficará ouvindo em um loop eterno, agarrada ao livro, como se soltá-lo fosse arrancar um pedaço do seu coração, e que vocês podem conferir aqui: http://bit.ly/UglyLove-GriffinPeterson

Então, estão esperando o quê? APENAS. LEIAM.

Obs.: A adaptação cinematográfica sairá em 2016. Enquanto isso, morram com esse teaser!