quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Resenha #130 Never Never - Part Three

Título: Never Never - Part Two
Autor: Colleen Hoover, Tarryn Fisher
Editora: Hoover Ink
Páginas: 140
Gênero: Young Adult
Classificação:  5 estrelas
Sinopse: "Juntos, Silas Nash e Charlize Wynwood devem observar bem o passado para descobrir quem eram e quem eles querem ser. Com o tempo acabando, o casal está numa corrida em busca das respostas que precisam antes de perderem tudo. Será que eles conseguirão recuperar o que tinham? E isso irá restaurar quem um dia foram?"



Resenha dupla na área galera! Pink são palavras da Raquel e Roxo da Barbara. Enjoy.



“Destino é a força magnética que nos puxa para as pessoas, lugares, e coisas a que pertencemos.” - Tiffanie DeBartolo, How to Kill a Rock Star*

“Não podemos mudar quem fomos no passado, Charlie, mas podemos controlar quem somos no presente.”

Eu estou sem palavras. SEM. PALAVRAS. Sério. Que final foi esse? Amei! Vou me apropriar das palavras do Silas aqui, porque todos os finais de livro dessa duas me deixam assim, e um livro escrito pelas duas não poderia ser diferente: “Droga, Charlie. De novo, não.” ... Eu sei, Silas. Eu sei. - Raquel




Nem consigo acreditar que acabou!

Imaginem a minha surpresa/surto quando Raquel me contou que o livro tinha sido liberado com OITO dias de antecedência! Foi uma loucura né gente, a é óbvio que fizemos um Buddy Read na madrugada de segunda para terça... quem se importa em acordar cedo no dia seguinte mesmo? Rs 


“Ela realmente acredita que isso é um sonho, e eu não tenho a coragem de dizer que não. Isso não é um sonho”


Como vocês sabem, Never Never foi dividido em três partes. Colleen Hoover e Tarryn Fisher, duas bffs muito loucas, se juntaram e resolveram criar uma história mais louca ainda. Como assim a cada 48 horas o casal principal perde a memória? Como isso é possível? Como tudo vai se resolver?!!!! - Barbara



Na terceira e última parte desse mistério, Silas e Charlie se encontram perdidos e completamente sem memória, como aconteceu nas duas primeiras vezes... MAS SERÁ MESMO? Digamos que um deles está escondendo algo, mas mesmo assim continua pior que cego em tiroteio. - Raquel


A cada parte lançada a ansiedade só aumentava até que finalmente chegamos a terceira e conclusiva parte. Aqui tudo se resolve galera, então podem ficar despreocupados. - Barbara



“Enquanto ele gasta todo o seu tempo tentando relembrar... eu gasto o meu tentando esquecer.”


Silas tenta desesperadamente encontrar um por que para o que anda acontecendo com eles, mas nada faz sentido. Já Charlie, que também busca por respostas, começa a se sentir mal pelo jeito que andava vivendo. Digamos que ela não é fã da antiga Charlie, e não podemos culpá-la, nós também não somos. Quanto mais ela descobre do passado, menos ela entende o motivo de ter perdido sua memória, e o que faz menos sentido ainda é o porquê de ter deixado Silas. - Raquel

“E se causamos isso a nós mesmos?”

Eu não quero entrar em detalhes sobre o enredo desse final, só vou dizer que fiquei satisfeita, logo quando comecei a ler e durante os comentários com a Ra, surgiram teorias que foram confirmadas e a verdade é que fiquei feliz com o desenrolar e o final. - Barbara


Não posso falar muito da história, porque TUDO pode ser um spoiler nesta resenha, meus amigos, TUDO! Mas o que posso dizer é que bombas catastróficas explodem na sua cara, e o motivo de tudo isso pode até parecer óbvio para vocês quando for revelado, mas continua sendo PERFEITO, e fazendo todo o sentido do mundo. Como poderia não ter sentido depois de conhecer o Silas, certo? 

Eu também acho! - Raquel





Não sei se vai satisfazer a todos, mas o livro tem esse tom de encerramento perfeito para o final e as autoras tratam de resolver todas as questões logo, não tem aquele suspense absurdo de roer as unhas dos primeiros livros, as situações aqui estão avançadas então elas não perdem tempo enrolando o leitor. É uma conclusão. O Fim. The End. É isso o que o leitor vai encontrar em Never Never Part Three. - Barbara


Eu garanto a vocês que cada uma de suas perguntas será respondida, nenhuma ponta solta existirá, e o final vai fazer você ficar pasmo, rir e até chorar. Esta última parte irá arrancar suspiros, lágrimas, sorrisos (como não sorrir com Silas?), te deixará mais apaixonado, enfim... vale muito a pena. - Raquel



Colleen e Tarryn estão de parabéns. Essa história é brilhante na sua completude, e também em cada parte. É lindo, minha gente. FANTÁSTICO. Eu amo essas duas, caramba!
Quanto ao ritmo da leitura, quero deixar bem claro que pode até parecer corrido para alguns, mas acho que isso foi intencional, afinal eles têm apenas 48 horas para resolver o mistério de uma vez por todas. Eu também estaria correndo para encontrar respostas. Mas enfim, cada cabeça tem sua sentença, espero que vocês leiam e venham aqui contar para nós o que acharam. Espero que gostem tanto quanto nós. - Raquel

É claro que não é nenhuma surpresa essa história ser um completo sucesso, é meio óbvio quando se fala da Colleen. Mas quanto a Tarryn, ela é a culpada por todas essas emoções malucas durante a leitura. E eu a adoro ainda mais por isso. - Raquel


Parabéns para essas duas escritoras, vocês todos sabem como somos fãs da Colleen, a Tarryn nós também amamos... E quando juntamos a doçura dos mocinhos da Colleen com a acidez das mocinhas da Tarryn, o resultado é incrível, o resultado é Never Never. - Barbara


“Pelo resto da minha vida, eu quero ser a garota dançando com Silas na rua. Porque ele é maluco. E é por isso que eu o amo.”


Leiam!
Beijos e até breve!














*citado no livro
** Sinopse e quotes são tradução livre feita por nós.

Confiram as resenhas dos livros anteriores.
Never Never - Part One
Never Never - Part Two