quarta-feira, 8 de julho de 2015

No Escurinho do Cinema #2 Cidades de Papel

Título Original: Paper Towns
Ano: 2015
Duração: 109 minutos
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: A história é centrada em Quentin Jacobsen (Nat Wolff) e sua enigmática vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman (Cara Delevingne). Ele nutre uma paixão platônica por ela. E não pensa duas vezes quando a menina invade seu quarto propondo que ele participe de um engenhoso plano de vingança. Mas, depois da noite de aventura, Margo desaparece – não sem deixar pistas sobre o seu paradeiro.


"Você vai para as cidades de papel. E nunca mais voltará."





Olá pessoal!

Essa semana estamos super empolgadas com o lançamento de Cidades de Papel. Como boa fã de John Green, não poderia deixar de trazer a review do filme e deixa-los ainda mais animados para conferir nas telonas.

No dia 30 de junho, nós tivemos aqui no RJ a cabine de imprensa do filme e eu fui representando o Burn Book e o Garotas entre Livros, um evento promovido pela Fox Filmes e pela editora Intrínseca.


O filme é extremamente fiel ao livro, uma das melhores adaptações literárias que já vi, chegando a superar o livro e sim, eu sei que isso é polêmico, mas pode acontecer em alguns casos e nesse, aconteceu.

No inicio nós conhecemos Quentin e Margo ainda crianças e ele narrando de forma apaixonada o dia em que ele conheceu o seu “milagre” – Margo. Depois vemos como a vida de cada um toma rumos diferentes durante a adolescência até culminar em uma madrugada de aventuras que muda tudo e deixa Quentin cheio de esperanças... até o dia seguinte, quando Margo desaparece. É então que a verdadeira aventura começa...




Cidades de Papel é uma verdadeira celebração à amizade, todos os aspectos que mais gostei no livro, ganharam destaque na adaptação. O filme tem esse leve tom de mistério, afinal todos querem saber o que aconteceu com Margo!, mas tem um tom de comédia – nada escrachado que poderia classificar o filme como tal, mas é um filme leve e não tinha uma pessoa no cinema que conseguia controlar as risadas.

O Nat Wolff no papel de Q está ótimo, do jeito que eu imaginava. Cara Delevingne deixa um pouco a desejar como Margo, no livro a personagem não me despertou muita simpatia, mas no final do filme ela conseguiu me conquistar um pouco (só um pouco mesmo rsrs). Os personagens secundários estão incríveis! Austin Abrams que faz o Ben - um dos melhores amigos de Quentin - está impagável! Suas cenas foram memoráveis. 

Ao final da sessão eu sai da sala com um desejo absurdo de sair por aí e viajar com os meus amigos, tamanha a nostalgia que senti. Ah e um pouco depois da metade do filme tem uma surpresa que vocês vão adorar! Tenho certeza!

Assistam ao filme e depois venham me contar o que acharam. Eu com certeza vou assistir novamente! E prepare-se, porque o tanto que você chorou em A Culpa é das Estrelas, vai rir em Cidades de Papel.

Até a próxima!
Xoxo