sexta-feira, 3 de fevereiro de 2017

Resenha #181 Gata Branca (Mestres da Maldição #1)

Título: Gata Branca
Série: Mestres da Maldição 1
Autor: Holly Black
Editora: Rocco
Páginas: 360
Gênero: Literatura Estrangeira / Fantasia / YA
Classificação: 4 estrelas

Sinopse: Cassel vem de uma família de mestres da maldição – pessoas que têm o poder de mudar emoções, memórias e destinos com o mais leve toque das mãos. Mas fazer isso é ilegal, o que significa que todos eles são criminosos. Exceto Cassel. Ele não tem o toque mágico, está de fora: é o único filho normal em uma família paranormal. O único detalhe é que matou sua melhor amiga.
Tentando fugir de seu terrível passado, Cassel faz de tudo para ser como os outros garotos. Uma noite, porém, tudo vai por água abaixo: depois de sonhar repetidas vezes com uma estranha gata branca, um ataque de sonambulismo o põe em perigo e ele começa a achar que seus irmãos estão escondendo mais do que alguns segredos.
Desconfiado de que não passa de uma pequena peça de um grande golpe, Cassel começa então a fazer uma busca em seu passado e em suas memórias, que parecem lhe fugir. Para desvendar os mistérios de sua vida, ele vai precisar armar um verdadeiro golpe de mestre.



“Magia. É apenas magia.”

Olá, olá! Como vocês estão?!

Gente, esse livro... juro que não sei porque demorei tanto para ler!!

Eu ganhei Gata Branca em 2014 e desde então estava parado na minha estante, com o Desafio das GeLs de 12 livros para 2017, o coloquei na lista e foi o primeiro que decidi ler por ser uma fantasia e se distanciar dos gêneros que eu estava lendo no momento. Juro para vocês que se soubesse que a leitura seria tão fluida, interessante e loucamente genial, já teria lido faz tempo!



Bom, o livro conta a história de Cassel, um adolescente que estuda em um internato de elite e pertence a uma família de Mestres mas não é Mestre, ele é tipo o patinho feio... Os Mestres nada mais são que pessoas com capacidade de fazer magia, mas não qualquer tipo de magia, só aquelas com que foram abençoados ou amaldiçoados... de acordo com o ponto de vista rs.

Essa é uma sociedade que aprendeu a conviver com os Mestres e suas variedades de dons, dos mais simples como dar sorte, aos mais temíveis como matar. A magia dos Mestres é canalizada através das mãos e por esse motivo todas as pessoas são obrigadas a usar luvas. Interessante não? Achei chique rs.

Mas ser mestre não é para qualquer um e ao redor do mundo os Mestres ganharam status e poder, muitos se tornaram criminosos e formaram famílias de mafiosos. A família mais poderosa é a do russo Zacharov, cuja filha e única herdeira, Cassel matou.

TRETA!!




Nosso protagonista é atormentado por esse crime, ele lembra da satisfação que sentiu ao matar Lila, mas nada está muito claro e suas lembranças parecem confundi-lo ainda mais. Até que um episódio muito estranho acontece e que o leva a se questionar se pode confiar em sua família, em suas lembranças e em todos os que o cercam. #paranoiamodeon

É então que as coisas vão ficando melhores, Cassel é um golpista muito inteligente e um tanto arrogante, características de quase todos os adolescentes rsrs. Ele vai em busca de respostas e claro, enfrenta vários problemas que só trazem mais emoção a história.

Tudo acontece em um bom ritmo, eu não me cansava da leitura e só parava quando tinha que priorizar outras coisas do dia-a-dia rs. Preciso dar os parabéns para a Holly Black, essa história me fascinou! São mais de 300 páginas e nos prende do começo ao fim e quando os mistérios são desvendados... é eletrizante! Já me falaram que a continuação é ainda melhor, então as expectativas estão altas!!!

Mas nem tudo são flores e vocês devem estar questionando porque dei 4 estrelas ao invés de 5. A minha edição está literalmente se desfazendo. Eu ganhei o livro em 2014 e desde então ficou na minha estante e só saiu de lá para ser limpo... enfim, conforme ia lendo a capa foi se desprendendo até ficar completamente solta de um lado. Falei com quem entende do assunto e me disseram que provavelmente usaram uma cola velha que não segurou a capa. Eu odeio esse tipo de falta de cuidado com um livro, os livros da Rocco não são baratos e me surpreende eles deixarem passar esse tipo de falha. Por isso a edição merece no máximo 3 estrelas porque apesar das letras grandes e ser bem diagramado, as folhas brancas e nada maleáveis me faz questionar o preço absurdo de seus livros.

“Os alvos esquecem que, quando uma coisa é boa demais para ser verdade, significa que é golpe.”

Por hoje é só galera e lá no nosso instagram já tem um vídeo mostrando o estado do meu livro para que vocês entendam melhor. Siga-nos: @garotasentrelivros

Se você gostou da resenha, não deixe de comentar. Eu adorei a história do Cassel e recomendo a leitura para os fãs de fantasia e até para quem quer dar os primeiros passos nesse gênero. Se você já leu esse livro, também não deixe de comentar com o seu ponto de vista a respeito da história!

Beijos!
Até a próxima!