sexta-feira, 7 de outubro de 2016

Resenha #171 Pela Noite Eterna (Never Sky #2)

Título: Pela Noite Eterna
Série: Never Sky
Ordem: 2
Autor: Veronica Rossi
Editora: Rocco - Jovens Leitores
Gênero: Ficção Científica, Ya, Romance
Páginas: 304
Ano: 2016
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Ambientada 300 anos após uma catástrofe que devastou a Terra, num mundo dominado por um governo autoritário disposto a manter o poder a qualquer preço, a trilogia Never Sky acompanha a saga da jovem Aria, ex-moradora de Quimera, um núcleo de civilização protegido por um domo e sem qualquer contato com o mundo exterior, e Perry, considerado um Forasteiro. Se no primeiro volume da série, Sob o céu do nunca, os destinos dos jovens se cruzam numa improvável (e perigosa) aliança pela sobrevivência, agora, em Pela noite eterna, eles anseiam por um reencontro. Mas muitos obstáculos e algumas armadilhas se impõem no caminho dos dois. Fantasia, ação, ficção científica e uma história de amor inesquecível fazem da série de Veronica Rossi um mundo perigoso e cruel, mas ao mesmo tempo belo e digno da tradição de sagas como Jogos Vorazes e Divergente.


Finalmente!
Finalmente consegui ler a continuação de Never Sky!

Alguns de vocês devem saber que o selo pelo qual essa trilogia era publicada acabou, então a Rocco assumiu a continuação como fez com os livros da trilogia Prodigy e outros mais. Porém, Pela Noite Eterna demorou uma vida para sair e eu demorei outra vida para comprar (no caso foi presente de aniversário rs), mas finalmente li e agora é a hora de contar minha opinião!

Sinto sua falta.
Sinto muito, muito, muito sua falta.
Prepare-se, porque quando eu o vir, nunca mais vou deixa-lo.

Pela Noite Eterna começa meses após os eventos de Never Sky. Ária e Peregrine enfrentaram muitos problemas e uma grande aventura no primeiro livro, nessa sequência ambos adquiriram mais responsabilidades e a vida não está nada fácil. Perry se tornou o Soberano de Sangue dos Marés e tem toda a sua tribo como responsabilidade. Vidas que dependem dele, de sua sabedoria, concentração e coragem para enfrentar invasões e o maior temor de todos, o Éter.



Ária está em missão para salvar a vida do sobrinho de Perry, Talon. Ela precisa encontrar o Azul Sereno para conseguir a libertação de Talon, ninguém sabe se o Azul Sereno – área livre das tempestade de Éter – é real, mas com as tempestades cada vez piores e as chances de sobrevivência diminuindo conforme o tempo vai passando, só resta a ela perseguir esse sonho impossível.

Nós perdemos e perdemos, mas ainda estamos aqui. Tremendo, com medo de fazer algo. Estou cansado de me contentar com isso porque não sei se existe algo melhor. Tem de haver. De outro modo, qual é o sentido? Posso fazer algo a respeito agora. E farei.

O momento em que Perry e Ária se reencontram tudo é posto a prova. O relacionamento entre uma Ocupante e um Forasteiro é possível? Será mesmo que eles podem ficar juntos ou seguir caminhos separados. Perry pode confiar em Ária e ela nele? Nesse livro as confianças ficam abaladas e tudo o que nos resta é segurar o fôlego e ir até o fim.

Eu gostei muito mais dessa continuação do que do primeiro livro. Perry e Ária estão mais maduros e apesar de todos os medos e inseguranças do Perry, é incrível vê-lo se tornar um grande líder. Novas pessoas são acrescentadas à história, antigos amigos ressurgem e ainda temos a chance de conhecer uma nova tribo. Aventura é o que não falta em Pela Noite Eterna, e o final... é eletrizante!

Os líderes precisam enxergar com clareza na escuridão, Peregrine. Você já faz isso.

Eu sei que quero a continuação o mais rápido possível, porém ainda não foi publicado aqui... Ajuda aí Rocco!

Fica aqui a minha indicação, se vocês não conhecem essa trilogia, comece a ler o mais rápido possível. Uma mistura inteligente de ficção científica e YA muito boa. Leiam! Vocês vão surtar como eu surtei em alguns momentos rs.

Até a próxima!