sábado, 20 de junho de 2015

Resenha #95 Meu Romeu (Starcrossed #1)

Título: Meu Romeu
Autor: Leisa Rayven
Editora: Globo Livros
Ano: 2015
Páginas: 407
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: "Cassie está prestes a realizar o grande sonho: estrelar um espetáculo na Broadway. O que ela não esperava era ter que enfrentar o reencontro com o ex-namorado, que será novamente protagonista ao seu lado, em uma peça cheia de romance e cenas quentes. Trabalhar com Ethan traz o passado à tona, e lembra a Cassie que o que existe entre eles vai muito além de simples química."


Hey pessoal! Estou de volta hoje com a resenha de “Meu Romeu”. Eu estou tão empolgada para comentar com vocês minhas impressões sobre esse livro que nem sei por onde começar! Então preparem-se para uma resenha super empolgada e repleta de fangirlismo. ;)

Eu cheguei a esse livro através de uma postagem da editora no facebook, li um quote e fiquei meio maluca desejando ler. Então, como por sorte, surgiu a oportunidade de estar resenhando ele em parceria com a Globo Livros. Imagina a minha empolgação/surto/loucura quando a oportunidade surgiu... bem, surtei como Michelli e Raquel podem afirmar...

Confesso para vocês que não procurei maiores informações sobre o livro porque não tinha a menor vontade de estragar o fator ‘surpresa’ lendo sinopse ou outras opiniões. Aquele quote me convenceu e claro, a capa! (#sexy) cheguei a comentar com as meninas sobre meu receio de o livro ser bem ruim, mas – não sei se já aconteceu com alguns de vocês - sabe quando você tem aquela sensação de que vai amar a história? Sim, parece coisa de maluco, mas eu tinha essa sensação que me dizia: “Você vai amar esse livro!”. Dito e feito, “Meu Romeu” foi além das minhas expectativas e vou contar agora os motivos.



“Mas é só uma encenação.
Ele é um ator.
E é muito, muito bom.”

“Meu Romeu” é o romance de estréia de Leisa Rayven, um new adult – gênero super explorado atualmente – para ninguém botar defeito e nele conhecemos Cassie e Ethan ou Taylor e Holt - como eles preferem chamar um ao outro.

Logo no primeiro capítulo nós somos apresentados a um conflito, Cassie é uma atriz e está escalada em uma produção da Broadway como par romântico de seu ex-namorado – o cara que a abandonou e partiu seu coração. Já faz três anos que eles não se vêem e durante todo esse tempo Cassie alimentou uma mágoa a respeito de tudo o que Holt a fez passar. Mas como agir quando o homem que mais te fez sofrer volta disposto a tudo para te reconquistar? E pior ainda, a química entre vocês é intensa? #tenso

“É um p*ta crime você nunca ter sido beijada direito.”

Ethan volta decidido a provar para Cassie que ainda existe uma solução para eles e mesmo com toda a bagagem de mágoas e sofrimento é possível e necessário dar uma nova chance ao amor.

“Não consigo acreditar que no mundo de erros que criamos juntos isso ainda possa parecer tão certo.
Odeio que ele ainda possa me fazer sentir assim. Que com um beijo ele possa demolir cada mecanismo de defesa que já tive contra ele.
Eu o odeio por isso, mas me odeio ainda mais por querer tudo de novo.”

Mas se até agora você pensou que o livro é puro drama, não é! A narrativa acontece em dois momentos, entre o passado quando eles se conheceram e o presente. Eu gostei muito dessa proposta porque vemos a evolução dos personagens, de jovens um pouco inconsequentes e sonhadores para adultos com problemas resultantes de suas decisões passadas. A Leisa fez um belo trabalho na construção da personalidade de cada um, é absurdamente clara a forma como Cassie mudou Ethan e vice versa, é lindo, trágico e quando vocês lerem vão entender todas as minhas palavras rsrs.

“- Então você gostaria de mudar sua opinião de que atuar é fácil e não requer coragem?
- Obviamente.
- (...) você tem o poder de ‘derreter o gelo de dentro para fora, de despertar células dormentes, de nos fazer mais vivos, mais totalmente humanos, ao mesmo tempo mais individuais e mais conectados uns aos outros.’ É por isso que fazemos o que fazemos”

Preciso dar destaque também para os personagens secundários, muito bem construídos e perfeitamente colocados na história. Amei a Erika - professora de teatro, a companheira de quarto da Cassie, Ruby, a irmã do Ethan – Elissa e o Jack, porque todos precisam ter um amigo muito doido que nos provoca muitas risadas!

E se até agora tudo o que eu disse não foi motivo o suficiente para você ler esse livro (Are you crazy?! WTH), posso afirmar com todas as letras que “Meu Romeu” é um sopro de alívio em um mercado saturado de “mais do mesmo”. O New Adult entrou na moda e desde então parece que muitos livros são cópias uns dos outros ou pior, uma cópia de um livro muito melhor que já foi lançado. “Meu Romeu” não entra nessas categorias (thanks God!), é original a seu modo e definitivamente um dos melhores livros que li em 2015 até agora.

“Se eu acertar, talvez ela entenda que, apesar de todas as merdas que eu fiz, eu ainda a conheço melhor do que qualquer um.”

Ah, preciso dizer que existe uma continuação chamada “Broken Juliet” que já está sendo traduzida pela Globo Livros #todascomemora. Em breve vamos poder conferir a continuação dessa história incrível! Eu devo confessar que já estou com Broken Juliet no meu kindle (não resisti), mas prometo fazer a resenha do livro traduzido assim que for lançado e ainda comento sobre a tradução que não posso deixar de dar destaque, está ótima! E Que Capa É Essa?!!!! Posso afirmar que ainda estou babando nela... rsrs

Me desculpem por essa resenha ter ficado tão longa, acho que poderia ficar falando sobre esse livro por um bom tempo ainda, mas espero que vocês tenham gostado e vou deixar o link de onde vocês podem comprar o livro. Façam isso sem pensar duas vezes, sério! É uma ordem! (brincadeira! Ou não... haha).

Se você lê em inglês pode encontrar Broken Juliet aqui
E Meu Romeu aqui e aqui.

Até a próxima!
Xoxo