quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Resenha #106 Legend (Trilogia Legend #1)

Título: Legend - A verdade se tornará lenda
Autor: Marie Lu
Editora: Prumo/Rocco
Ano: 2011
Páginas: 256
Classificação: 5 estrelas
Sinopse: Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.


Mais uma distopia chegando na área!

Acho que já deu para perceber que nós gostamos muito de distopia né? E é claro que não poderia deixar de resenhar essa trilogia que sou muito fã! Hoje é dia de Legend baby!

Em Legend, Marie Lu nos apresenta um futuro distópico onde nossos protagonistas vivem. Day é um dos fora da lei mais procurados da Republica, ninguém sabe como é sua aparência ou suas motivações, apenas que ele causa muitos problemas e nunca foi pego ou identificado.
Do outro lado da moeda nós temos June, uma jovem prodígio, famosa por ter marcado o número exato de pontos em sua prova de aptidão, aos 15 anos já estar se formando na faculdade e também por ser uma ‘encrenqueira’. June é uma garota da Elite que perdeu os pais muito cedo e foi criada pelo irmão, um oficial militar.



Uma tragédia faz o mundo de ambos convergirem e é então que nos vemos envoltos numa trama de mistério, traições, atração... e muita, muita ação! Tudo o que mais gostamos em distopias né?!

"Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro. E aí você tenta caminhar sob a luz."

Eu amei Legend, essa é a segunda vez que estou lendo, justamente para resenhar aqui no blog e dar continuidade na leitura da trilogia. Como li a algum tempo atrás, me peguei tendo várias reações nos momentos tensos e revivendo minhas partes favoritos. Marie Lu nos leva nessa aventura de forma magistral, um suspense a respeito dos segredos da Republica, uma viagem aos locais mais pobres da cidade e a revelações que deixa o leitor desesperado pela continuação.

É impossível não se apaixonar pelo Day e por suas convicções, ele é um doce! A June é mais durona, e no começo eu não gostei da forma superior que ela agia, mas um choque de realidade é o suficiente para nossa mocinha mudar de atitude. Amo demais esses personagens e principalmente, a inteligência e ousadia de ambos!

"Mas no instante em que a nova menina pisa no ringue e vejo sua atitude... concluo que cometi um grande erro. Kaede ataca como um búfalo, como um aríete.
E a menina ataca como uma víbora."

Os personagens secundários são muito bons, é fácil odiar muitos e amar outros na mesma proporção. Ainda estou muito curiosa com os mistérios que cercam a Republica, o vírus misterioso e claro, as Colônias. Vou começar a ler Prodigy imediatamente!

E antes de encerrar essa resenha, preciso falar sobre a edição. Todas as edições da trilogia “Legend” são lindas, capas bem feitas, acabamento maravilhosos, muito amor pela Rocco e por esse trabalho lindo. A minha edição de Legend ainda é pelo selo da Prumo – que já não existe. As folhas são macias, quase uma textura de veludo, juro que fiquei acariciando as páginas de tão gostoso que era ficar passando a mão por elas (coisa de maluco, eu sei...!). Enfim, trabalho excelente da editora, parabéns!

Não deixem de ler e acompanhar a história de Day e June, é alucinante e vocês vão amar! Em breve volto com a resenha de Prodigy, e não deixe de comentar se você gostou da resenha e o que achou do livro ;)



Até breve
Xoxo