sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Resenha #177 Paixão de Primavera

Título: Paixão de Primavera
Autor: Mary Kay Andrews
Editora: Essência
Gênero: Romance
Páginas: 416
Ano: 2013
Classificação: 5 estrelas

Sinopse: Convencida de que o fim de seu casamento com o charmoso Mason Bayless já faz parte do passado, Annajane Hudgens se prepara para deixar a cidade de Passcoe, no sul dos Estados Unidos, e recomeçar a vida ao lado de seu novo amor, um homem atencioso que fará de tudo para torná-la feliz. Mason está prestes a se casar com a bela e astuta Célia, e Annajane decide assistir à cerimônia como prova de que as feridas do passado estão cicatrizadas e de que o início de uma nova etapa da vida de ambos é uma coisa totalmente natural É um belo dia de primavera, a cerimônia começa na igreja mais pitoresca da cidade... mas o destino intervém, trazendo grandes surpresas para os protagonistas desta apaixonante aventura de primavera.

Hey! Pensaram que resenha nova só em 2017? Não mesmo! Última resenha do ano de um romance que vocês precisam ler! Enjoy!

Um casamento, uma criança e um passado inesquecível...

Paixão de Primavera foi um livro que encontrei bem aleatoriamente, meus típicos livros random rsrs. Ele é leve, romântico e emocionante... o típico livro que você lê quando quer um final feliz, mas é claro que antes precisa ter um drama básico rsrs.



A história começa com a nossa protagonista, Annajane Hudgens, em um casamento, mas não era um casamento qualquer, era o casamento de seu ex-marido. Bom, aí você pode pensar que nossa mocinha está preparada para fazer um escândalo e acabar com a festa do ex né? Não é bem assim. Annajane está ali com um único propósito: apoiar a filha de seu ex-marido e ajuda-la a enfrentar o casamento. Ta achando tudo muito complicado? Vou explicar.

Mason Bayless, ex-marido de Annajane, teve uma filha pouco tempo após se separar de nossa mocinha, um escândalo na cidade pequena onde vivem. Agora, anos depois ele está prestes a se casar com Célia, mais conhecida como Cruela Cruel – tenso!


Mas a verdade é que apesar dos pesares, Annajane acabou mantendo um bom relacionamento com Mason após o fim do casamento, até porque ela trabalha na empresa de refrigerantes da família dele e é melhor amiga de Pokie, irmã de Mason. Ainda mais confuso não? E no meio disso tudo, ainda está Sophie, a criança por quem Annajane acabou se apaixonando. Complicado...


Mas essa trama tem muito mais...

Muito jovem Annajane se apaixonou por Mason, eles se casaram, mas as diferenças e imaturidades acabaram separando o casal, por mais amor que houvesse entre os dois. Ele era o herdeiro da fábrica de refrigerantes que mais gerava empregos para a região. Ela era uma simples moça de cidade pequena... A vida seguiu, eles seguiram em frente após o termino do casamento e agora Annajane está prestes a se mudar, mas antes precisa encerrar de vez o ciclo Bayless de sua vida.

Mas quando nossa mocinha pensa que está tudo resolvido, o destino age e prova que na primavera o amor, como as flores após um longo inverno, floresce novamente.


Eu adorei esse livro, mesmo agora enquanto escrevo essa resenha já sinto vontade de reler. Como eu disse no começo, é uma história leve, que encanta e dá vontade de se apaixonar e lutar pelo amor verdadeiro. São muitas questões, segredos, mentiras e complicações que levaram Annajane e Mason ao ponto que estão e algo que aprendi nessa história é que para o amor é necessário verdade e confiança.

Aos poucos a trama vai se desenrolando, temos alguns paralelos com o passado e vamos entendendo o que levou ao termino do casamento de Mason e Annajane e como no futuro eles acabaram se reaproximando mesmo que sem querer querendo rsrs.

Enfim, fica aqui a minha indicação. Quer uma leitura em que você não consiga parar e se encante no final? Leia Paixão de Primavera. Você vai amar e se emocionar.

“Céus, Annajane. O que está acontecendo? Por que não consigo esquecer você?”


Beijos e até a próxima!